sábado, 25 de agosto de 2012

Olá, caros amigos,
Tenho andado muito feliz por estar, em minha sala de aula, falando de Humberto Mauro em um projeto educacional sobre patrimônio e como é de esperar estamos produzindo um filme para registrar nosso trabalho. Estou feliz também pela recepção dos alunos, dessa informação e do respeito dos mesmos, pelas coisas de Volta Grande.
É um começo de caminhada para a valorização do nosso patrimônio pelo cidadão voltagrandense, principalmente o imaterial deixado por Humberto Mauro. Os alunos estão cada vez mais inteirados, de que se há um futuro em VOLTA GRANDE, esse é com o reconhecimento das pessoas que passaram por aqui fazendo nossa história, e criar nossa identidade, por isso é necessário que haja um resgate da condição de voltagrandense, inteira e soberana, para que todo cidadão ame essa terra, assim como nossos antepassados.
Ser voltagrandense é estar diretamente ligado as artes visuais, a música e a arte feita a mão. O dna de quem nasce aqui está marcado por isso, e Humberto Mauro, nosso filho mais ilustre (conhecido mundialmente), com seu nome nos dará a visibiliade necessária, para sermos mais brilhantes. Além de fazer nomes como, José Mauro, Nilza Rocha, Bernardino Rocha, Capitão Godoy, José Silva,
Concientizar a juventude, está sendo muito bom, porque é essa geração que fará toda a diferença, nesse futuro próximo.