terça-feira, 20 de novembro de 2012

Valeu Zumbi (Parafraseando o Samba)

Olá queridos amigos,

Hoje dia do grande Zumbi dos Palmares, dia da consciência negra, momento de refletir sobre o nosso passado de dominação européia. Lembranças de capítulos de nossa história muito sofrida, e que podemos tirar uma série de conclusões positivas a respeito de uma epopéia de tragédias afro-brasileiras, e que ainda continua sua saga, pois o negro de hoje ainda sofre problemas e é preciso guerrear todos os dias. Os problemas mais acentuados é a falta de uma ótima educação para todos, que culminará em um bom emprego e uma boa educação para os filhos, além de saúde é claro.
Na época do quilombo - parece que ainda estamos alí- só que os quilombos foram substituídos pelos grandes bolsões de pobreza pelo mundo, pelas favelas, pelas moradias precárias. Só que agora não é somente o negro que sofre é toda uma descendência mestiça e branca que sobrou daquela época. E um dia chuvoso como este é bem propício a reflexão, não somente por parte dos que vivem na sombra e água fresca, mas de todos nós cidadãos brasileiros, que vivemos apertados, e a mídia vive dizendo que está tudo bem.
É hora de começarmos - povo brasileiro - a assumirmos nossas obrigações políticas de cidadão, começarmos a cobrar os nossos direitos, a buscar uma sociedade mais justa que não esmague os ditos "classe C", pois essa classe ainda é pobre e achatada pelos altos impostos cobrados por nossa pátria mãe gentil, e essa "pátria que me pariu" e a todos nós anda vivendo num faz de contas...
Faz de conta que existe educação...
Faz de conta que somos moralistas...
Faz de conta que não há hipocrisia...
Faz de conta que somos todos felizes...
Faz de conta que vivemos na riqueza...
É bom começarmos a pensar e sair dessa zona de conforto, e lembrar que gente como Zumbi, queria o melhor para o seu povo.
Então aproveitei esse dia chuvoso e reflexivo para começar a pensar e pensar, sobre nosso atual estado de coisas, nossas celebridades sem intensidade nem volume, celibridades estantâneas, que não tem nada a representar, uma ideologia, uma forma de pensar, mas sim seus corpos esculturais e sem conteúdo, nasceram sem alma? Ou é resultado de uma cultura sem cultura? Da nossa história só restaram os feriados, tem gente que nem sabe o que eu estou falando, mas mesmo assim eu ei de parabenizar nosso grande vulto histórico.
VALEU ZUMBI!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário